Estudar Direito Constitucional na minha opinião deveria ser obrigatório em todos os cursos universitários, conhecemos estruturas que todo cidadão deve saber.
O Direito Constitucional trata do surgimento da necessidade do homem em exigir e garantir seus direitos básicos (chamados Direitos Fundamentais), isso em um período em que o poder era absolutista, todo dos monarcas.
O pioneiro na construção de tais direitos foi a Inglaterra com a criação com um documento conhecido hoje como ancestral, primeiro modelo, de uma Constituição. Chamada de Magna Carta, esta foi criada em 1215 pelo rei John da Inglaterra e continha muitas das leis que temos em nossa Constituição e em demais Constituições.
Posteriormente, a então colônia da Inglaterra exigiu sua independência baseando-se na Magna Carta e em outros argumentos, passou então a ser chamada de Estados Unidos da América e influenciou e desencadeou um série de revoluções em todo o mundo.
A mais conhecida é a Revolução Francesa que ficou historicamente marcado por uma monarquia que gostava de ostentar, não se preocupava com o povo e sugava tudo o que podia. O povo se rebelou, exigiu direitos do rei, protestos e manifestações se seguiram e o ápice foi a queda da bastilha.
A França conseguiu uma Constituição, com muitos direitos conhecidos por nós pois a nossa se inspirou na francesa, mas essa conquista não perdurou por muito tempo, iniciou-se o período Napoleônico!
A ONU tem em sua fundamentação trechos desses três marcos constitucionais, observa e zela para que a humanidade os tenha e os siga.
Ao lermos a base do direito observamos que o Brasil já erra nos fundamentos, no básico mesmo, os Direitos Fundamentais são brutalmente violados e mesmo assim há quem fique impune, daí a importância de todos terem tais conhecimentos, precisamos saber bem e como garantir nossos direitos.

Para os meus estudos estou usando dois livros de Direito Constitucional,









O primeiro é do Sylvio Motta, de título Direito Constitucional: teoria, jurisprudência e questões.
Editora: Elsevier, 22° Edição.
Adquiri esse livro em um kit para estudos para concursos, não me arrependo em nada o material dele é super resistente, o conteúdo é bem abordado e associado à Constituição do Brasil.
Traz teoria, definições, exemplos, aplicações, exercícios e resoluções, muito completo não acham?!














O segundo livro é o "Direitos Humanos Fundamentais", é mais histórico e sua abordagem não é tão técnica como o anteriormente mencionado. De autoria de Manoel Gonçalves Ferreira Filho, Editora Saraiva, 14° Edição.
Ele tem um conteúdo de direito, com explicações mas faz uma associação aos períodos históricos que formaram tais conceitos.
Não tem exercícios, o que não o torna um livro didático, mas tem uma linguagem mais acessível de melhor compreensão.





Espero ter ajudado e contribuído com o estudo de vocês,

Até breve!

Imagens: Google Images


Deixe um comentário