Quando estava no ensino médio uma das coisas que a professora de educação física mais gostava de trabalhar e falar e escrever e tudo, era sobre a qualidade de vida.
Ela enfatizava muito sobre a importância da qualidade de vida, o tempo passou e uns dias atrás eu estava me lembrando dessa época e associando todo o conteúdo que ainda me recordo com a minha opinião e conhecimento atual.
480032_519986208074143_554682962_n.jpg (455×604)Claro que por ser professora de educação física ela se referia principalmente a prática de exercícios físicos e incentivava muito inserir isso em nossas vidas.
Ao estabelecer a relação comecei a pensar que hoje a qualidade de vida é muito mais que bons hábitos alimentares e um cotidiano de atividades físicas, estamos em uma era em que as pessoas se tornaram especialistas em ferir as pessoas alheias e muitas vezes pela internet. Isso me impressiona e me assusta muito, a capacidade em se camuflar "por não aparecer o rosto, apenas uma foto" e assim agir.
Vemos muitas polêmicas quanto a ditadura da beleza, já se tornou uma guerra! Vemos discussões sobre o mundo rigoroso da televisão, da moda, etc. regimentando a magreza, a beleza facial, o bem vestir, isso se tornou sinônimo de glamour, e por outro lado temos mulheres lutando nas academias para atingir esse perfil, abrindo mão da alimentação, fazendo verdadeiras loucuras em busca de um "corpo perfeito".
Acredito assim que o conceito de qualidade de vida é mais ampla, se refere a um estado de saúde mental, psíquico, precisamos nos reprogramar, fazer um treinamento para compreender nossas limitações, respeitar as formas de nossos corpos ( as brasileiras são mundialmente conhecidas por suas curvas), aproveitar a vida comendo mas também sabendo ouvir o seu corpo berrando por movimentação, pela moderação.
Precisamos parar de ao nos olhar no espelho, ao invés de ver as qualidades, apontar com maestria o dedão nos defeitos e dar um zoom mental neles. (o recado vale para mim também!)
Vamos buscar melhorar, ter opinião, saber nos defender diante aqueles comentários maldosos e totalmente desnecessários.


Aguardem mais posts do gênero, precisamos abrir discussão, nos expressar mais, melhor, mudar esses conceitos e mudar a nós mesmos.

Até breve!

Imagem: Pinterest


Deixe um comentário