Meu objetivo aqui não é mostrar estampas, nem opções de armários, como você deve fazer uso da cartela de cores, na hora de montar o quarto do seu (sua) filho (a).
Como professora vejo uma série de erros sendo cometidos pelos pais, negligenciados muitas
vezes é a resposta certa.
Então preparem lápis e papel por tenho muitos pontos a serem discutidas aqui!


1. Tecnologias

                                                    Crianças de até (no mínimo) dois anos, deve ter o mínimo de acesso                                                     a tecnologias. 
Veja ideias de adesivos de parede para decorar o quarto infantil - Gravidez e Filhos - UOL Mulher: Vejo muitas mães falando de seus filhos, 
"- Ah, esse sabe mexer melhor do que eu em um celular!"
A verdade é que mesmo quando nascidos as crianças continuam em formação, ninguém nasce andando, a formação física para isso continua ao decorrer dos meses pós nascimento, a parte neurológica é a mesma coisa! Sendo assim, ao expormos nossos filhos ao excesso da tecnologia estamos prejudicando essa parte de seu desenvolvimento. Há estudos que apontam que milhares de neurônios são queimado quando uma criança tem contato demasiado com tecnologias.
Passa horas em frente a televisão, depois horar brincando no tablet, quando sai de casa
                                          passa para o celular dos pais, e assim por diante.

Ao organizar o quarto do seu filho não deixe a disposição dele um computador.
o computador destinado ao uso dele deve estar em um local comum da casa.
Onde possa ser facilmente monitorado e deixar claro a finalidade da tecnologia: para estudo e realização de trabalhos escolares.
Isso é muito importante! 
Para usar Redes Sociais, assistir vídeos e assim por diante , só com presença de um responsável.
Tudo o que é conquistado deve ser por mérito. Com ingresso no ensino médio, você pode estipular que ele (a) ganhe o direito de ter o computador em seu quarto, mas só se ter demonstrado ao decorrer dos anos anteriores, maturidade para tal. O mesmo vale para a criação de perfis em Redes Sociais.

O quarto de Marina, 13 anos, tem um espaço dedicado somente aos estudos. “Achei importante separar da área de maquiagem”, conta a arquiteta Andrea Murao. A marcenaria azul-turquesa foi pensada especialmente para a adolescente, cansada do cor-de-rosa:    Quarto feminino com otimização de espaço, escrivaninha servindo também como criado mudo.:

2. Não tenha televisores no quarto

O quarto é um ambiente de descanso e no caso das crianças é o único
lugar que podem ter suas coisas, seu espaço, usar de suas preferências. As televisões ficam ligadas
o quanto desejarem, assistem o que quiserem sem menor censura. Isso pode e com certeza reflete
no desempenho escolar.
Minha visão quanto aos televisores vai um pouco além, acredito que só deve ter uma televisão no lar,
deve ficar na sala em uso comum a toda a família.
Na Índia o momento de assistir é feita em família, há um concesso quanto a qual conteúdo e todos
acompanham juntos. Esse é um momento familiar que une todos em uma atividade prazerosa, não
atrapalha o sono e nem o rendimento escolar e profissional.

3. Tenha um lugar de estudo para ele (a) estudar

De preferência no próprio quarto, onde poderão deixar cadernos e livros abertos sem atrapalhar ninguém.
Onde possam ter tranquilidade, silêncio para se concentrar nos estudos que estivem fazendo.
A bancada é importante para organizar o material escolar, de cursos que realiza e até horários que desempenha as tarefas.

 140 ideias para transformar sua casa com papel de parede - Casa.com.br:   ♥:

yellow_Bancada de estudo zeta laqueada em amarelo Gloss e painel em Legno Miele:   Volta às aulas: 15 cantos de estudo para seus filhos - Casa:

4. Um cantinho de leitura

Fico impressionada ao ver pais que gastam fortunas com a educação dos filhos, mas não os acompanham em suas maratonas de estudos e não incentivam paixão pelo aprender.
Um dos maiores problemas das crianças e adolescentes é a leitura!
Se seu filho tem problemas na escola, peça para ele ler um pequeno texto para você e voz alta e e perceberá que o problema parte daí, inclusive na matemática.
Crie no quarto um espaço de leitura, crie um hábito de leitura em seu filhos, incentive, crie metas quanto a leitura. Peça uma resenha do livro que está lendo, seja um exemplo, leia com frequência para o seu filho e junto do seu filho.

Great use of space, color, and pattern:   for the girl's room:

5. Incentive a criatividade e imaginação

Croche lovely giraffe by strongfeather: Permita que esse ambiente reflita a personalidade, a criatividade e imaginação de seus filho, independente da idade dele.
É comum ver pais impondo escolhas aos filhos, principalmente os pequenos, até que cheguem a uma idade em que se imponham.
Como já disse anteriormente, os quarto devem refletir o que as crianças são. São seus pequenos universos.
Vamos incentivar valores antigos! Menos tecnologia e mais imaginação, mais criatividade, mais brincadeiras coletivas.
 Bonecas de panos, cabanas, um pouco de "faz de conta",
uma pitada de imaginação, uns amiguinhos e então temos
a fórmula certa, na medida certa.


The Design Files Open House 2013:     estante-toys-paula-buzzo-01:

Bom, essas foram alguns pontos que creio que os pais precisam ter em mente quando
criam o quarto dos filhos.
É importante se impor, mas também é importante respeitar.
Até a próxima!


Imagens: Pinterest.