Ouvimos falarem tanto para os empresários! O que devem fazer, qual perfil devem buscar para suas empresas, o que devem dizer na entrevista de emprego para saber mais sobre o profissional, como organizar a equipe, ...
  Enfim, são diversas ferramentadas dadas a esse público afim de que possam obter seus lucros.
  Mas, o que poucos tem buscado é: como ter um excelente ambiente de trabalho.
  Ninguém funciona em um ambiente hostil, sob pressão, desconfiança, intrigas, cobrança excessiva. Talvez por um período considerável essas medidas funcionem, mas com o tempo a relação acaba se desgastando e gerando conflitos internos.
  Esse tipo de administração gera um ciclo de constante mudança no quadro de funcionários, com o tempo alguns mudam de emprego, outros pedem demissão por falta de alternativas, e assim por diante. A empresa não tem funcionários confiáveis, pois confiança se conquista com o tempo, tempo não tido devido as situações dadas pelo empregador, essa empresa não gera frutos! Funcionários desmotivados trabalham por obrigação e não por prazer.
  Enganam-se os empregadores que acham que "bons salários" prendem funcionários, como dito anteriormente: por um período visto como longo talvez, mas não longo o suficiente para se agregar confiança e conhecimento sobre as necessidades e demandas da empresa.
  Pesquisas mostram sobre a influência de um bom ambiente de trabalho e de um mal ambiente de trabalho em suas equipes e as consequências em cada caso.

Vamos estudar sobre estresse  no trabalho,

>> Sintomas
  1. Lapso de Memória;
  2.  Depressão;
  3. Desmotivação;
  4. Falta de concentração;
  5. Insônia e sensação de cansaço ao acordar;
  6. Irritabilidade acima do justificável;
   E tem as consequências que refletem diretamente na saúde do empregado. Isso é muito grave, dependendo do problema, a saúde é prejudicada em definitivo, como no caso de pressão alta e gastrites.


>> Reflexos no Ambiente de Trabalho
  1. Queda na Produtividade;
  2. Ausência no Trabalho;
  3. Aumento no número de erros;
  4. Atitudes Autoritárias;
  5. Conflito na equipe;
  6. Isolamento social;
Meu recado é:

  • Para você empregador:

    Você não é autoridade máxima e não estamos em uma ditadura em que só existe o "- Sim senhor!".
    Desejar uma equipe produtiva, unida, criativa, requer primeiramente que se tenha postura de reconhecer as características positivas de cada um, valorizar (isso quer dizer ofertar um salário condizente), oferecer um ambiente de trabalho tranquilo e isso parte de você e suas atitudes.
    Procure se reciclar e oferecer a sua equipe benefícios que só refletirão em seu negócio, como uma hora com um profissional fisioterapeuta para aprender técnicas de alongamento, como palestrante motivacional, com a exibição de filme para um momento de entreterimento.
  • Para você empregado:
currículo para a vida: arrumar um emprego que não me dê vontade de sair correndo no meio do dia.:


É isso!
Até breve.


Deixe um comentário